# Coração Comestível: 2010

kkk

sábado, 18 de dezembro de 2010

Olhar interno.


Tudo me diz que estou prestes a tomar uma decisão errada.
Mais os erros são uma maneira de agir.
O que o mundo quer de mim?
Que não corra os meus riscos?
Que volte de onde vim sem coragem de dizer 'sim' para a vida?

Se busco o amor verdadeiro, antes preciso ficar cansada de amores medíocres que encontrei.
A pouca experiência de vida me ensinou, que ninguém é dono de nada,
que tudo é uma ilusão..


(Paulo Coelho)

Vida.. louca vida?

Pensei que com conforme os anos foram passando,  eu tivesse me livrado desses tipos de sentimentos masoquistas, esse auto-flagelo. É.. realmente eu pensei. Mas não.
Eles estavam aqui dentro, só a espera que algo profundo acontecesse para retornarem à minha vida, que se já era tão, mas tão feliz, agora está perfeita. '-'
Como quero que os outros me compreendam, gostem de mim, me aceitem como sou, se nem eu (que terei de conviver o resto da vida comigo) consigo fazê-lo?
Tenho medo que precise acontecer uma catástrofe para que eu perceba a vida maravilhosa que tenho, e me arrepender de não  ter dado o devido valor, passando o tempo todo me culpando, me podando, reprimindo, me achando a pior de todas as criaturas.
Não sei porque faço isso, é como se fosse uma forma de me punir das coisas que faço, do meu medo, covardia diante da vida, do que eu acredito.
Vontade... sim,  sinto vontade de me dopar meus membros, apagar meus olhos, escurecer o mais profundo da minha mente, assim, de repente e para sempre.
Quem me ver assim falando, deve pensar, que eu seja louca, que eu tenha algum problema.
Talvez realmente seja, ou não.
Mas o que fazer quando não se consegue ser diferente? ‘-‘
E toda essa confusão interna me fez reler algumas anotações, pensamentos de uns dois anos atrás, em busca de respostas e forças pra continuar...
04/08/08 – manhã
"Tirando as tentativas frustradas de suicídio, quase morro realmente vomitando os comprimidos vitamínicos que não levam ninguém ao além. ¬¬'
Meu estômago tá acabado, pois não comi quase nada ontem e, na madrugada o que vomitar?
Tomei leite pra vê se passava a agonia.. saíram todos os comprimidos. Foi aí que novamente consegui dormir.
Ao acordar, percebi em mim um resto de esperança na vida, apesar da dor imensa e do vazio sem tamanho que sinto em meu coração.
Tenho que encontrar forças e traçar objetivos pra mim, já que acho que continuarei um bom tempo aqui na Terra.
Só espero lembrar-me sempre de não me envolver com ninguém. Nem por diversão. Sei que algo de muito especial há de me acontecer.
E pra começar, vou me tratar e procurar até encontrar a forma certa de amor-próprio que está em um lugar desconhecido.
Só assim, um dia muito distante poderei amar sadiamente outra pessoa.
Estudar para passar no Vestibular. Ir embora para uma longa temporada fora de The.
Sei que não estou só, Nunca. A mão de Deus vai me guiar. 
Desculpa Senhor, pelas tentativas fora de hora de abandonar o mundo dos vivos. Me guia, me ampara na longa estrada da vida. :)
Amém.
RUMO AO FUTURO!
Ah, e fazer o possível pra não chorar mais, senão daqui há algum tempo as pelancas do meu rosto caem de vez.. aí ao invés de ter rosto de 20 anos, parecerei ter 40.  ¬¬"


Lendo tudo isso hoje.. Tudo o que realizei, tudo o que ainda tenho pra concretizar, viver, tantas esperanças, tantos obstáculos a serem superados..
Nesse momento. Ao menos nesse momento. Não quero deixar tudo isso. 
Sei que sempre, por mais que tudo esteja ou pareça perdido, há sempre um solução, uma chance pra recomeçar. :)


Mas...
como recomeçar? '-'

domingo, 12 de dezembro de 2010

Ardentes desejos.

             Quisera ter teu corpo nu sobre a cama fria, a janela aberta para ouvir o cantar dos passarinhos, que um novo dia, quente a natureza anuncia.
             Desejo aqui e agora com toda a minha força, que de repente apareças e sucumbas o meu desejo e faça teu cheiro se espalhar, pela minha cama…quero sentir sempre teu cheiro, quero ter o teu suco nos meus pelos e boca…quero te ver e fazer-te louca, quero que sejas minha.

             Por isso vou beijar-te por fora e por dentro, penetrar-te nas carnes quentes de tuas entranhas, possuir-te de todas as formas, mesmo que seja de maneira estranha.
            Vou enlouquecer-te de prazer, sorver tua saliva ardente, teus doces recantos lamber.
            Deslizar minhas mãos por teu corpo, coxas, seios, ancas, cabelos, possuir-te por inteira, enlouquecer-te pouco a pouco, fazendo-te gemer, chorar, urrar, gritar de prazer… fazendo o meu quarto, parecer um mundo louco.
(Tancredo A. P. Filho)



Sobre dor.


                                                                              
"A vida é dor
Quem deseja, sofre;
quem vive, deseja;
a vida é dor.
Quanto mais elevado é o espírito do homem, mais sofre.
A vida não é mais do que uma luta pela existência com a certeza de sermos vencidos.
A vida é uma incessante e cruel caçada onde, às vezes como caçadores, outras como caça,
disputamos em horrível carnificina os restos da presa.
A vida é uma história da dor, que se resume assim: sem motivo queremos sofrer e lutar sempre, morrer logo, e assim consecutivamente durante séculos dos séculos, até que a Terra se desfaça. 
(Schopenhauer)


quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Testando *-*

Louca por testes como sou.. 
pena que nem pareceu em nada comigo.. 
cof, cof  ^.^

Esquadros
Esquadros
Você é uma sonhadora ou anda com a cabeça nas nuvens. É muito acolhedora e carinhosa com aqueles que quer bem. Preocupa-se com as grandes questões sociais do mundo e pensa em uma forma de torná-lo um ambiente de paz. Seus amigos gostam de sua companhia e a admiram pelo prazer à vida que lhe move. Procure correr mais atrás de seus sonhos e confie no seu potencial.
Outra Calcanhotto para sua trilha: Aconteceu.
Qual música da Adriana Calcanhotto fala por você?

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Eu que não sei nada.



- 17/10 às 20:20hrs.


Eu queria não me sentir tão sozinha.
Queria que as pessoas parassem de dizer que me querem por perto, se na verdade elas não fazem nada para queisso aconteça.
Queria fazer sentido na vida de alguém.
Queria me encontrar refletida nos olhos brilhantes de quem pensa em mim.
Queria sentir o gosto do amor...
Mas não de qualquer jeito.
Tem que ser um amor doce, tranquilo, e ao mesmo tempo avassalador, que me fizesse voar, sonhar, me entregar completamente sem pudores, sofrer com o medo de perder, mesmo sabendo que o sentimento é recíproco, e principalmente por isso.

A cada dia que passa vejo, sinto que essa ilusão de amor só acontece nos filmes, na imaginação dos sonhadores.

Cansei do vazio, da solidão, de lembrar e não ser lembrada, se sentir sozinha, da não reciprocidade.
Cansei das mesmas coisas, da vida, de viver.
Cansei de todos, Cansei de mim. :x

Capacidade

Você é capaz de ir somente até onde sua auto-estima lhe permite.Nós todos nos limitamos.
A nossa própria auto-imagem, adquirida através de exemplos e experiências, nos bloqueia.
É um tipo de profecia da auto-realização. Se nós não pensamos que podemos, não podemos.
Não se ensina autoestima na escola.
Você está sozinho, com a responsabilidade de reconhecer e aceitar suas posturas a respeito de você mesmo. 
- Bernard Chaisson

Comemore publicamente. Chore sozinho.

Alguns anos eu teria gostado que alguém tivesse me contado que não existe algo melhor que "em segredo".
É uma excelente prática não mostrar fraqueza perante os outros.
Não exponha seus sentimentos de dúvida ou de dor - elas realmente não querem ouví-lo.
A expressão mais popular para isto é algo próximo de "Nunca deixe os outros perceberem que você transpira".
Ninguém lamenta por você mais que 1 hora, mas depois ninguém nunca mais esquecerá o seu momento de vulnerabilidade.
                                          - CRAIG CAMPBELL

Dizer adeus, talvez.


- 14/10/10 às 21:25


Sabe, a cada dia percebo mais, que os olhos já não brilham como antes, a presença não me traz mais frio nem arrepio, os beijos já não possuem a mesma intensidade, o sorriso já nem faz tanto sentido.
 O que restou? O que ficou guardado? Boas lembranças?
Não queria dizer adeus ao que um dia fez tanto sentido pra mim. Tantas coisas se perderam pelo caminho.. coisas que me fascinavam.
Apenas sinto como se pouco a pouco tudo não passou de uma ilusão.. sensações, momentos maravilhosos, mas que não passaram de momentos. '-'   

domingo, 17 de outubro de 2010

Vida, vida..

Ria de si mesmo.
Crie sua própria vida.
Não deixe que os outros a determinem.
O que quer que faça, faça pelas suas razões - porque se encaixa nos seus planos e lhe dá prazer.
Afaste-se de pessoas e coisas que o levam para baixo.


Lembre:se: você é o motorista.
Fique no acento do motorista porque assim você pode parar, voltar, acelerar ou virar. 
Mantenha a sua independência de pensamentos.
Curta a sua imaginação e sonhos.
Perdoe-se.
Reserve um tempo para as pessoas, especialmente para aquelas que você ama.
Goste de aprender e seja partidário da mudança.
A vida é um presente surpreendente e maravilhoso.
Admire o passeio.
                                                                                                           - Steve Robbins

domingo, 10 de outubro de 2010

Máscara?


Ér.. talvez eu não seja eu mesma quando estou feliz.
E sim uma personagem que eu criei para disfarçar meus medos, minha tristeza, minha insegurança diante das pessoas  da vida.
Uma espécie de máscara.. o modo como me expresso, como falo, a risada extravagante, a felicidade maqueada que demonstro aos outros para não contaminar o mundo com sentimentos sombrios.
Será a alegria tudo fingimento?
O mundo já está tão repleto de seres humanos infelizes, que eu não queria ser mais uma a fazer parte desse universo de perdedores frustrados.
Ouvi uma história de que tempos atrás, éramos anjos e vivíamos no paraíso.
Era mais ou menos como se eu fosse uma atleta sentada no banco de reservas querendo participar da partida. De repente, eu olhei para o planeta Terra e vi que o jogo estava difícil, o resultado era negativo, e então pedi ao grande Técnico uma oportunidade para vir à Terra ajudar o time.


Ér.. pois bem, agora estou em campo, disputando a partida da minha vida. Com isso me faço as seguintes perguntas: será se eu lembro do meu objetivo de existir? '-'
Eu sei, sinto que o Técnico continua dando orientações, mas será que estou seguindo-as?
Dentro de alguns anos, voltarei para o vestiário e encontrarei com Ele, e quando Ele me perguntar: Como é que foi? Conseguiu realizar sua missão?
O que direi?
-- Não, simplesmente fui mais uma que viveu frustrado!
Mas não queria chegar lá assim..
Quero poder chegar lá,  de cabeça erguida, humilde, com o brilho no olhar, sorriso na face e dizer pra Ele:
-- Vivi e fui feliz! Aproveitei tudo de bom que a vida me ofereceu, e com a minha felicidade contribui para a felicidade das pessoas e com mais luz para o planeta.
De certa forma eu sei que posso conseguir..
mas enquanto não descobrir quem realmente sou, fica tão mais difícil.. '-'

sábado, 2 de outubro de 2010

O que eu também não entendo ..

Essa não é mais uma carta de amor
São pensamentos soltos
Traduzidos em palavras
Prá que você possa entender
O que eu também não entendo...
Amar não é ter que ter
Sempre certeza
É aceitar que ninguém
É perfeito prá ninguém
É poder ser você mesmo
E não precisar fingir
É tentar esquecer
E não conseguir fugir, fugir...

Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém
É por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeito
Mas com você eu posso ser
Até eu mesmo
Que você vai entender...

Posso brincar de descobrir
Desenho em nuvens
Posso contar meus pesadelos
E até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa
Posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo
Mas com você
Eu tô tranquilo, tranquilo...



Agora o que vamos fazer
Eu também não sei
Afinal, será que amar
É mesmo tudo?
Se isso não é amor
O que mais pode ser?
Tô aprendendo também...



O que eu também não entendo - Jota Quest

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

14.08 -

Estou assim, porque não dizer.. FELIZ!
aprendendo aos poucos a viver somente o momento presente. E de certa forma isso tá me fazendo muito bem. Deve ser o livro que estou lendo, rs.
E mesmo sabendo que tanto as tristezas quanto as alegrias são passageiras, vou procurar não pensar, nem imaginar, muito menos sofrer antecipadamente por um futuro desconhecido.
Estou feliz.. ela me faz sentir especial, e os momentos juntas me fazem sonhar novamente..
Fr, adoro teu jeito de ser, tanto que posso ver as melhores coisas da vida no teu simples olhar.
ér talvez seja minha forma de ver o mundo que esteja mais colorida, e por isso tudo se torna assim, até o canto dos pássaros no horizonte. ui! *-*
Enfim,
deixe-me viver que eu viverei.
haha.
o que isso quer dizer ? 'o'
ér, não me pergunte que eu não sei.!
beijos. ;*

O dia que Júpiter encontrou Saturno.

-Você gosta de estrelas?
-Gosto. Você também?
-Também. Você está olhando a lua?
-Quase cheia. Em Virgem.
-Amanhã faz conjunção com Júpiter.
-Com Saturno também.
-Isso é bom?
-Eu não sei. Deve ser.
-É sim. Bom encontrar você.
-Também acho.


(Silêncio)


-Você tem um cigarro?

-Estou tentando parar de fumar.
-Eu também. Mas queria uma coisa nas mãos agora.
-Você tem uma coisa nas mãos agora.
-Eu?
-Eu.


(Silêncio)



-Acho que estou voltando. Usava saias coloridas, flores nos cabelos.
-Minha trança chegava até a cintura. As pulseiras cobriam os braços.
-Alguma coisa se perdeu.
-Onde fomos? Onde ficamos?
-Alguma coisa se encontrou.
-E aqueles guizos?
-E aquelas fitas?
-O sol já foi embora.
-A estrada escureceu.
-Mas navegamos.
-Sim. Onde está o Norte?
-Localiza o Cruzeiro do Sul. Depois caminha na direção oposta.


(Silêncio)



-Quando a noite chegar cedo e a neve cobrir as ruas, ficarei o dia inteiro na cama pensando em dormir com você.
-Quando estiver muito quente, me dará uma moleza de balançar devagarinho na rede pensando em dormir com você.
-Vou te escrever carta e não te mandar.
-Vou tentar recompor teu rosto sem conseguir.
-Vou ver Júpiter e me lembrar de você.
-Vou ver Saturno e me lembrar de você.

-Daqui a vinte anos voltarão a se encontrar.
-O tempo não existe.
-O tempo existe, sim, e devora.


-Vou procurar teu cheiro no corpo de outra mulher. Sem encontrar, porque terei esquecido. Alfazema?
-Alecrim. Quando eu olhar a noite enorme do Equador, pensarei se tudo isso foi um encontro ou uma despedida.
-E que uma palavra ou um gesto, seu ou meu, seria suficiente para modificar nossos roteiros.


(Silêncio)

-Mas não seria natural.
-Natural é as pessoas se encontrarem e se perderem.
-Natural é encontrar. Natural é perder.
-Linhas paralelas se encontram no infinito.
-O infinito não acaba. O infinito é nunca.
-Ou sempre.



C.F. Abreu

09.09

Aconteceram coisas.. coisa tão legais e especiais que tenho medo de pensar no futuro e no que sinto no presente.
Não, não foi nada de concludente não [o que é concludente afinal? '-' // sei lá]
Apenas lindos momentos de carinho e afeto que de certa forma me afetaram, rs. *-*
Não espero fidelidade, amor total, pois sei que isso nunca acontece comigo.. vai ver que nem da minha parte ¬¬'. sou tipo.. um tipo de passatempo, objeto pras pessoas, que logo, logo se cansam de mim.
Todos tem alguém que pensa, gosta, morre de saudades.. Eu.. eu o quê? eu NADA!

Nesse momento fico dividida em dois caminhos (pra variar): fugir ou viver o presente!
Como em toda a minha vida arranjei de certa forma, uma forma de fugir, e nunca fui feliz.. hoje em dia, penso seriamente em escolher o segundo caminho.. o desconhecido.^^
Ér.. talvez eu me sinta mais feliz e completa, sendo assim, um 'objeto', haha *---*

Falando sério agora.
Não, não sei o que dizer, fazer, sentir. penso em deixar a vida me levar por enquanto.
Sim, viver e viver!
Viver emoções novas, emoções essas que podem futuramente me fazer sofrer, chorar, querer morrer.. mas que no presente me fazem amar, sentir arrepios, gemer de prazer.
Acho que vale apena o preço a pagar, não?! :]

Safadinha! *-* KKK..

haha, deixa ver o que acontece!
beijos.

(P.S: pensei que tivesse inventado uma palavra nova "concludente", algum tempo depois procurei no dicionário, e vi que alguém tinha pensado nela antes de mim. :'[
tadinha.. seria esperar muito da minha pessoa. KKK. )

03.09 :)

Posso falar a verdade? '-'
Gostaria muito mesmo de estar contigo agora, te beijando, sentindo seu corpo junto ao meu, seu cheiro, seu toque, seus cabelos em meu rosto, suas palavras ao meu ouvido. Ah! Como eu queria!
Pegar você pra mim, e nunca mais te deixar ir embora.
Minha cama solitária já se acostumou ..
Penso em aproveitar você, sentir sua pele macia, te tocar, amá-la profundamente, realizar todos os nossos desejos, até não aguentar..
Eu quero te amar..
Ah, como eu quero te amar! *-*


Egoísta eu, não?
*-*

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Para ter..

       lábios atraentes, diga palavras doces. Para ter olhos belos, procure ver o lado bom das pessoas. Para ter um corpo esguio, divida sua comida com os famintos. Para ter cabelos bonitos, deixe uma criança passar os dedos por eles pelo menos uma vez ao dia. Para ter boa postura, caminhe com a certeza de que nunca andará sozinha. Pessoas, muito mais que coisas, devem ser restauradas, vividas, resgatadas e redimidas. Lembre-se que, se alguma vez precisar de uma mão amiga, você a encontrará no final de seu braço. 
Ao ficarmos mais velhos, descobrimos porque temos duas mãos, uma para ajudar a nós mesmos, outra para ajudar o próximo. A beleza de uma mulher não está nas roupas que ela veste, nem no corpo que ela carrega, ou na forma como ela penteia o cabelo. A beleza de uma mulher deve ser vista nos seus olhos, porque esta é a porta do seu coração, o lugar onde o amor reside.

02.09 - colorful world *-*

Muitos olhares de todos os lados, desejos, voltaram-se para mim de tal forma que cheguei a me assustar.
Me senti tão importante esse dia, mesmo que inconscientemente.
É como se milhões de sensações guardadas a sete chaves à anos entrassem em ebulição dentro de mim.
Uma mistura de medo, vontade, repulsa, desejo do desconhecido, de tudo o que eu poderia sentir com isso tudo.
Desconhecido esse me pareceu tão excitante dos meus olhos e cada pedaço do meu corpo milímetricamente.
Talvez eu devesse ter me controlado mais. E realmente me controlei, de tal forma que se pudesse ter voltado no tempo teria feito tudo diferente, ou não '-'
Vindo de mim, provavelmente não.
A não ser dentro dos meus sonhos e pensamentos.
Coisa estranha o ser humano!
Bem, o que quero dizer é que aproveitei! Aproveitei sim, na medida do possível, e com curiosidade e vontade de muito tempo, e que se pudesse voltar atrás não mudaria um centésimo sequer. FATO!

será caindo em si?'-' - 27.08



Hoje acordei me sentido mais liberta.
É como se os meus pensamentos não se fixassem em nada, em lugar algum, em ninguém.
A sensação me parece boa.
Ver a vida de uma forma que eu deveria ver sempre.. querendo aproveitar somente o presente, tentando não pensar no que passou, no que eu poderia ter feito, e por pura vergonha, medo, insegurança, insensatez, falta, ou melhor, excesso de juízo não fiz.
Se a vida passa tão rápido e nada dura para sempre.. porque então se prender a sensação de ter que esperar que tudo faça sentido? '-'
É claro que não vou sair fazendo o que me der na telha, atropelando meus principios, virando uma piriguete, como muitas vezes dá vontade, rs ¬¬' -nãão!.
Mas daqui pra frente, tentarei vê a felicidade em cada coisa que aparecer, tentando não levar a vida muito a sério, pelo menos não sobre coisas e relacionamentos..
enfim,
nem eu sei o quê, quando e como fazer isso. Mas não custa nada tentar.. e sonhar, né?rs.
cof cof.'-'
beijos. *-*

na teoria tá muito bom.. =)



A vida, em si, não ensina! É você quem decide, a cada momento, se há uma lição a ser aprendida... Em cada tristeza, em cada alegria, em cada aborrecimento.. ou desperdiça todos os momentos e vai vivendo aos trancos e barrancos. Coisas boas e ruins acontecem a todos indistintamente... Se não existe o paraíso, podemos construir um oásis de paz, em nós mesmos, no meio das guerras que as pessoas vivem...
Tudo depende da escolha.
Podemos fugir a tristeza? Não.
Podemos impedir as perdas? Não.
Podemos obrigar que nos amem? Não.
Mas podemos usar os momentos de dor, frustração e ressentimento para aprender a amar melhor... Podemos tornar nosso trabalho mais realizador... Podemos transformar o ódio em perdão... O ressentimento em compreensão... Basta tomar essa decisão!
Escolhendo a melhor forma de resolver os conflitos e aprender a amar com eles...
Desafie a você mesmo, criando um artifício para lidar, com o negativo. Invente um jogo em que ganhe pontos, diante de situações que você resolva com harmonia, ou perca pontos se não resistir a se fazer de vitima... Feche as portas ao automatismo burro... Ele faz sofrer e nos torna refém. Podemos ser, hoje,melhores do que ontem .cabe a você ,somente a você ,escolher se os acontecimentos de ontem ,hoje e amanhã,serão usados para torná-lo uma pessoa melhor.

Pensamentos ao banco

- 25.08 to night

O que seria melhor, viver mesmo sofrendo, chorando, se magoando, mas também com momentos de alegria e prazer?
Ou me poupar de tudo isso, tendo a sensação maravilhosa de não sentir nada?
Talvez um pouco dos dois seria muito mais interessante.
Pena que na restrição que é a minha vida, eu tenha que escolher um caminho. Acredito que eu seja feliz sozinha com a solidão.
Mas também gosto de me sentir viva, sentindo saudades de alguém.. sentindo meu coração disparar ao imaginar momentos de carinho, afeto, amor que estar ao lado dele me faz sentir.
Mesmo vindo o gosto amargo que o ciúme proporciona, dilacerando minha segurança e autoestima, coisa que não deveria acontecer.. não quem deseja ser feliz com outro ser humano.
Porém, acredito plenamente que um dia, um dia, conseguirei essa proeza.
Nesse dia serei tão mais feliz.:)
Um mundo freedom irá se abrir diante de mim. Aí sim, serei alguém completo!

Não adianta pensar no que poderia ter sido feito, dito ou deixado transparecer.. o importante é viver o presente, mas viver plenamente, pra se arrepender do que foi feito, e não do que poderia ter sido. Isso sim é muito mas doloroso.
Preciso só encontrar um jeito de organizar minhas ideias e sentimentos, e fazer da minha vida uma vida que mereça ser vivida intensamente, cada momento, cada amanhecer, cada gesto, cada olhar, cada sorriso, cada sentimento, que apesar de as vezes serem tristes, faz parte da vida e do aprendizado. 
Por hoje é só..
ér só ;x
[triste e feliz ao menos tempo, ao som de Fernanda Brum - As cores do amor *-* /]

Good Night,
ah sim, bitoquei hoje, haha *-*
" É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias, me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos, ilumina o corredor por onde passo todos os dias." 
aiai Phi.. 

bjs bjs. ;*



sábado, 25 de setembro de 2010

24.08 - Thinking of Phi..


Triste estou eu mais uma vez.. talvez uma tristeza maior que as outras. Uma dor sem explicação nem sentido, e que continua a palpitar no fundo do meu ser.
Uma sensação de vazio e impotência indescritível. Estou cansada de ser assim.
Quanto mais tento fugir, te esquecer.. se olho pro lado te vejo, vejo alguém com coisas parecidas com as suas, sinto seu cheiro onde quer que eu vá, imagino seu toque em minha pele, sua voz forte dizendo coisas ao meu ouvido.. Mas aí vem a dura realidade que é estar sem você.

Daria tudo pra ouvir sua voz, sentir seu cheiro, ter um carinho seu. Mas nada é possível, não agora, não aqui e talvez não mais..

Acho que estraguei tudo mais uma vez, como sempre faço :x
É.. o amor não foi feito pra mim, pode ser que nem diversão também.. cada vez me convenso mais disso, e da minha impotência de amar e dar amor, sem esperar nada em troca.

Chegou a hora de recolher meu coração num casulo novamente.
Sei que nada dura para sempre. Mas para mim, nada dura. Nem o suficiente para ser inesquecível.
Aahh.. Desisto de tentar me compreender..
Desisto de viver!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

things '-'

 - 23.08
Me sinto bem sozinha.. sozinha não. A solidão me serve de companhia.
Sinto uma enorme liberdade. Liberdade pra pensar, pra sentir, pra calar na hora que quero, flutuar como sempre faço, sem ninguém falando coisas ao meu ouvido.. coisas que não entendo, nem quero entender. :x

23/08



Oportunidades de evoluir e me tornar uma pessoa melhor surgem diante de mim, e não consigo aproveitar e fazer valer o momento, que é tão pequeno e raro, único.
Momentos esses que passam e me fazem sentir uma sensação de desânimo e fracasso por não ter me manifestado.
Talvez isso seja lógico, talvez não.
Mais vejo uma pequena melhora na forma de expor minhas ideias..
Sempre dúvidas, indecisões, medos, sensações estranhas. Espero que isso um dia mude, mas não muito. Somente a ponto de quando necessário eu consiga controlar, porque a vida sem tudo isso é muito chata! :]

Antes de você.. Phi.


Quando não se sabe o que fazer, os pensamentos estão presos diante dos meus olhos.
 Meu coração se contrai de tal forma, que não consigo me conter a pensar que estou no lugar errado, na hora errada.
Vontade de sumir, fugir de tudo o que atormenta o ser medíocre e idiota que sou.
Porque essa droga de sentimento que eu procuro a cada dia repulsar, permanece aqui, intacto no meu ser?
Porque eu, cheia de tantas teorias que nunca serão postas em prática, não aprendi ainda a lidar com as coisas que me fazem sentir a pior pessoa do mundo?
Não consigo não pensar em como poderia ser... assim, diante do seu cheiro, sua presença, imaginando seu toque, você.
Como é ruim me sentir impotente. Queria poder fazer tudo diferente. Agir na hora certa, saber o que dizer, calar na hora que tem que ser..
Apesar de tudo o que passei, tudo o que prometi a mim mesma, não consigo ser diferente. Faço sempre as mesmas coisas, as mesmas imbecilidades de uma garota adolescente.
Droga! Será que nunca irei amadurecer?
Pode ser, que daqui há alguns anos, eu possa rir de tudo o que escrevo e sinto neste momento, ou não '-'
Mas sei, sinto que não estou sozinha, existe uma força maior que alimenta o meu ser. Que me faz seguir em frente, que me dar forças pra viver.
O primeiro passo é tentar acreditar que somos e só poderemos ser apenas bons amigos.
Talvez tudo fosse diferente se o meu sentimentalismo não fosse tão enraizado em minhas entranhas.
Eu sei que isso uma hora vai passar, e voltar a ser tudo como era antes e como deve ser: apenas amizade!



cri cri '-'

Ér..
não sei bem o que escrever aqui, o que penso nesse momento, nem se alguma coisa faz sentido."/
enfim,
devido à alguns acontecimentos, de repente, vem na minha mente um texto que quando me sinto um pouco down, carente ou coisa do tipo, me faz pensar sobre a vida ;x


" Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o "alguém" da sua vida. Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. 
O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você! "


Talvez isso de alguma forma conforte.. ou não '-'
bem..de qualquer forma, VIVER tá valendo apena. E se tá.. ^^
é isso! (: